Skip to main content

Faça o controle eficiente da jornada dos seus motoristas

Toda a empresa deve estar ciente dos dias e horários de trabalho de seus colaboradores, e no controle de frotas especialmente, esse gerenciamento deve ter alguns cuidados em específico. 

Quando pensamos em uma gestão de recursos humanos de forma correta, transparente e de acordo com as exigências previstas em lei, existem alguns pontos que precisam ser observados no momento de efetivar o controle da jornada dos motoristas. Como:

1. Esclareça os termos da jornada de trabalho

A lei 13.103/15 ou também conhecida como lei do motorista profissional prevê alguns tipos de horas que precisam ser  medidas, são elas:

– Tempo de trabalho: Quando o motorista está efetivamente na estrada ou fazendo as entregas.

– Horas-Extras: Não ultrapassar 2 horas por dia;

– Tempo de espera: É o tempo mínimo para carga, descarga ou fiscalizações. São horas não computadas, mas são remuneradas em 30% do pagamento por hora.

– Tempo de descanso: Estabelecimento de que o motorista profissional possui o direito de ter 8 horas ininterruptas de descanso por dia.

2. Tenha a tecnologia como aliada

Sistema inteligentes para a gestão de frotas e de RH são cada dia mais acessíveis e minimizam de forma significativa o número de divergências nos registros e evita erros na gestão da jornada de trabalho dos motoristas.

3. Treine os motoristas

Disponibilizar cursos e treinamentos aos motoristas sobre a legislação, redução de custos, utilização de tecnologia, entre outros, é de extrema importância para que a equipe seja cada vez mais eficiente e produtiva.E aí, gostou das dicas? 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial