Skip to main content

Reduza de 30% a 40% os custos de manutenção de sua frota

A manutenção de caminhões e de veículos pesados é sim importante! Mas você sabe o por quê? Trataremos disso no post do hoje.

Manutenção corretiva (muitas vezes a mais utilizada)

É cultural, no Brasil ainda a manutenção corretiva tende a ser muito utilizada, ou seja, “estraga-conserta”.

  1. Pneu vibrando
  2. Caixa de câmbio emperrando
  3. Pequeno vazamento de óleo
  4. Escapamento trepidando
  5. Insignificantes panes elétricas
  6. Motor com uma temperatura um pouco acima do normal

Vamos convivendo com as situações acima sem dar a devida importância, pois temos que entregar a carga, não é mesmo?

Mas é um ciclo vicioso…sempre vão existir cargas e mais cargas “urgentes” e acabamos por não agir no tempo adequado e quando resolver parar para uma manutenção podemos encontrar algumas surpresas:

O que era R$ 1,00 virou R$ 10,00

O efeito cascata de problemas ocorre e os pequenos reparos que poderiam ter sido feitos sem maiores prejuízos, acabam se transformando numa bela conta a ser paga.

E assim a vida segue. Se não pararmos para “agir preventivamente” iremos ter um custo absurdo de manutenção em nossa frota seja direto ou indireto.

Direto – troca da peça que efetivamente estragou.

Indireto – troca das peças que acabaram sendo afetadas pelas peças anteriormente não trocadas.

Manutenção preventiva (o segredo para a redução de custos)

Um estudo feito pelo Instituto de Qualidade Automotiva, as revisões de prevenção tem um custo de 30% a 40% menor do que o gasto com reparos corretivos.

Não existe outra solução, fazer manutenção preventiva é mandatório.

Falta consciência de algumas transportadoras sobre esse assunto. Algumas até acreditam que fazem, mas não seguem o manual, muitos acreditam que “é um exagero”, infelizmente não é.

Quem escreve os manuais de manutenção são engenheiros que fazem estudos e testes minuciosos para então criar as recomendações de durabilidade e segurança.

Já faz um tempo que o mercado comenta sobre a manutenção preditiva, ou seja, aplicação de um questionário (check list) de determinados itens à serem feitos com determinada frequência para evitar inclusive a manutenção preventiva.

Temos que reduzir a incidência das manutenções corretivas no dia a dia de nossa frota aumentando o índice de aplicação da manutenção preventiva e a vantagem está no custo-benefício dessa relação, gastamos “menos” e não mais.

Fonte: Blog Scania;

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial